Coasul promove ação de cidadania e educação ambiental

Coasul promove ação de cidadania e educação ambiental

No Dia Mundial da Água, 22 de março, 30 alunos da 4ª série do Ensino Fundamental da Escola Municipal São João conheceram cinco fontes de água restauradas pela Coasul Cooperativa Agroindustrial e deram o primeiro passo para a revitalização da mata ciliar das nascentes próximas ao abatedouro de aves. A ação faz parte de uma campanha da cooperativa para conscientizar a comunidade de que é preciso cuidar da fonte de vida no planeta.
No início da tarde, as crianças chegaram entusiasmadas para saber aonde iriam plantar as árvores. Elas foram recepcionadas pelo diretor vice-presidente, Jacir Scalvi, o diretor secretário, Fiorivaldo da Silva e pelo gerente técnico, Paulo Roberto Fachin. Receberam bonés, cadernetas para anotação, caneta, revista e um folder com informações sobre o dia mundial da água e formas de economia. Em seguida, o funcionário da Coasul e acadêmico do curso de Engenharia Ambiental, Arlindo Veivanco, mostrou onde está sendo construída a lagoa que receberá a água da chuva coletada no frigorífico. Depois, as crianças ouviram orientações sobre como uma nascente se forma.
Nas fontes – Passada a fase teórica, a prática foi mesmo o que empolgou a galerinha. Mesmo tendo que caminhar alguns passos próximos à mata, os estudantes ficaram vislumbrados com as fontes restauradas. Veivanco explicou como o processo aconteceu e a importância de se realizar a preservação das nascentes. “A água fica mais limpa e protegida de diversos tipos de contaminação, como por exemplo, animais como vacas e bois que iam bebê-la”, explica. De olhos bem atentos, as perguntas foram surgindo e todos saíram de lá satisfeitos.
Cada um plantou uma muda – A última etapa para garantir a qualidade da água é a revitalização da mata ciliar. Para isso, as crianças iniciaram o plantio de 3.700 mudas de espécies nativas como Pau Brasil, Cedro, Loro, Ipê, Araucária, Acássia, Taromã, Pinho Cuibano e frutíferas, Cereja, Guabiroba e Pitanga. Eles nem deram importância por estar com as mãozinhas sujas de terra, estavam empolgados com o fato de que daqui a cinco ou 10 anos cada um terá sua parcela de contribuição com o meio ambiente e com a restauração do local.
Vivenciando na prática – A Coordenadora da escola, Fabiani Birck, destaca que muitas das informações repassadas em sala de aula puderam ser colocadas em prática. “Em virtude do Dia Mundial da Água, trabalhamos bastante com eles tudo aquilo relacionado ao dia. Essa visita as nascentes restauradas pela Coasul só vem a reforçar o trabalho dos professores e da escola. Essa vivência faz com que eles aprendam melhor e levem esse aprendizado para a vida toda”, completa.
O pequeno Kaynã Pedro Fruhaus Gomes, nove anos, ficou feliz por ter participado da ação. “Achei muito legal ter vindo aqui hoje e ver que a Coasul está cuidando do meio ambiente e do bem estar das pessoas”, finaliza.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe:

Deixe um Comentário